.mais sobre mim

.posts recentes

. GRANDE CONCERTO/IL DIVO P...

. Parabêns Filho/ Tiago

. Brincadeira

. SOS criança 800202651

. Amor desconhecido

. Mandado de Prisão

. Estatisticas

. Minha Mãe

. Amizade

. Meus defeitos e qualidade...

. Poema

. Poema

. Poema

. Poema

. Poema

. Poema

. Poema

. Poema

.tags

. amizade

. amor

. brincadeira

. coisas

. dia

. il divo

. mãe

. parabêns

. poema1

. poema2

. poema3

. poema4

. poema5

. poema6

. poema7

. poema8

. prisão

. sos criança

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

SOS criança 800202651

Poema de uma criança


O meu nome é ""Sara""
Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.

Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?

Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.

Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.

Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.

Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria
Uma chicotada à noite.

Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.

Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.

Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.

Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.

Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.

Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.

Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis
palavras...

"Eu lamento muito!", eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.

O mal e as feridas mais e mais,
"Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!"
E finalmente ele pára, e vai para a porta,

Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.

O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.

Existem milhões de crianças que sofrem caladas, com ameaças, pressões, ja é tempo de por um travão nestes abusos a crianças, basta de as espancar, de as fazerem sofrer, elas n escolheram os pais que tem, nem pediram para nasçer. Eu ~como mãe ja + tolero este tipo de situação e sofro mto com os maus tratos a outras crianças.

N vamos deixar que crianças como a Sara  caiem no esquecimento e sofra sozinha, se n vizermos nada vai aconteçer o mesmo que esta pekenita, morrer sozinha no sofrimento diário. N vou dizer + nada sinto um nó na garganta qdo leio estas coisas.



 

 

sinto-me:
publicado por anafreitas às 15:44

link do post | favorito
De sonhador a 28 de Abril de 2007 às 23:57
Boa noite amiguinha!

Bom o que dizer perente o post que apresentas???

Dar-te os merecidos parabens,pois tens um coração enorme!

Tem crianças,que realmente só vem ao mundo pra sofrer infelizmente!

Desculpa,mas não comento mais,porque quando mexe em crianças,fico sempre com uma lágrima no olho!

beijinhos amiga,tenhas um domingo fantastico,juntamente com esse menino lindo que tens!

sonho
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres